A Lenda da Cova da Loba

Vive nos bosques das redondezas, uma loba, outrora humana, de seu nome D. Lopa.

Santo António, primeiro a fez expulsar de sua casa uma serva, descoberto que era o Demo disfarçado, e que em Linhares angariava almas p´ra sua causa.

Para compensar D. Lopa, o espirituoso santo converteu-a numa loba, por afinidade ao nome, concedendo-lhe uma longa vida, com a condição desta prestar o secreto serviço de trazer à sua terra os melhores frutos dos bosques das serras, e assim compensar os conterrâneos da inconsciente cumplicidade de outrora com Satanás, que a sua consciência não libertou.

Aqui os deposita todas as noites e nossa hospitaleira obrigação partilhá-los com quem nos visita.